sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

ex gorda....


Fiquei ausente por um tempo, estava mudando minha vida.

Dia 10 de Dezembro de 2007, um dia quente e ensolarado e lá estava eu me dirigindo para um hospital, estava boa sem problema nenhum de saúde, mas estava indo para um hospital mudar minha vida.

Como uma pessoa inteligente como eu deixei de me cuidar, de me amar, de me preocupar comigo com meu corpo, a minha saúde.

Tenho que começar minha história do começo. Nasci pequena e magra, mas durante a infância fui adquirindo alguns quilinhos, nada demais mas nunca fui aquele padrão de beleza, cinturinha fina nem pensar, mas chegou a adolescência e tive que optar a virar a comediante da turma pois tinha que chamar atenção de alguma forma já que era a gordinha e a baixinha e ainda por cima a nerd, pois sempre gostei de estudar, confesso que nunca sofri por isso mas sempre tive vontade de ser normal, de ser paquerada, de me sentir a vontade em uma festa, pois eu não sei se sabem mas o gordo sempre chama atenção todos olham só para ver o quanto ele come, enfim ser uma garota normal como todas as outras mas isso nunca foi possível.

Quando inaugurei a vida adulta para piorar minha situação descobri que tinha artrite e que teria que fazer um tratamento a base de corticóide o que me deixaria muito maior, tive que escolher em andar ou ficar só gordinha não tive duvidas mandei ver no remédio e em menos de 3 anos consegui a proeza de engordar mais de 40 quilos, mas estava andando.

Como eu fiquei obesa, mas nunca deixei a peteca cair continuei a palhaça da turma e tentei ser bem resolvida, sei que sou gorda mas sou feliz.

Mas de repente toda aquela satisfação foi desaparecendo eu não sabia mais se tudo o que eu fiz para me curar da artrite valeu a pena, pois estava ainda com dor e gorda e a minha auto estima cada vez mais baixa e por muito pouco me via sendo humilhada por uma migalha de carinho. Cansei dessa vida e foi então que decidi muda-la de vez resolvi fazer redução do estômago para emagrecer, sei de tudo o que vou passar pois minha mãe já é operada e acompanho de perto sua trajetória, mas também sei como ela é mais feliz hoje depois emagrecer e ser uma pessoa normal.

Quando me vi com dificuldade de respirar, subir escadas, passar na roleta do ônibus não tive duvidas a hora é agora. Mas a pior sensação foi visitar pela primeira vez o médico que iria me operar e ver que estava com 116 quilos no mês de Julho, como eu chorei a ultima lembrança de peso foi ter 60 quilos, não dava para esperar mais, só iria esperar as minhas féria no serviço e pronto seria uma nova mulher.

Vou confessar que não me arrependi em nenhum momento só senti medo principalmente para ir para o centro cirúrgico, nunca tinha sido operada antes na minha vida e andar de maca foi terrível saber que seria furada, costurada, nossa que coisa horrorosa, mas encarei de frente já tinha chegado até ali não tinha o porque desistir agora.

A cirurgia foi um sucesso e aconteceu tudo da forma que eu queria um hospital pequeno sem cara de hospital, parecia até um hotel, não senti dor, e nem o soro eu vi colocar pois já estava anestesiada, injeção que eu tenho pavor não tomei nenhuma foi tudo no soro.

Agora posso garantir essa esta sendo a melhor época da minha vida por enquanto é lógico foi aqui que descobri ser uma pessoa amada pelos meu amigos. Quantas pessoas me ligaram, me apoiaram e me visitaram, amigos como eu amo vocês, quando eu era mais nova sempre achei que ninguém gostava de mim e que amigos eu nem tinha mas descobri que isso é um equivoco meu as pessoas que trabalham, que estudam, que são da minha organização a partir de agora terão sempre lugar na minha vida. Mas acima de tudo não posso deixar de citar minha família e as pessoas que estão agregadas nela, estiveram comigo o tempo todo no hospital me dando força e não deixando eu desistir.

Obrigada por tudo para todas as pessoas que fazem parte da minha vida. E agora vou usar esse espaço para mostrar a minha evolução.

2 comentários:

Ligia disse...

amiga!! arrasou!!! adorei seu texto, seu depoimento, eu vou acompanhar essa sua vitória por aqui sempre!! e não esqueça que me convidei pra ir na sua casa hein!!
adoro você!! e continue sempre essa pessoinha batalhadora, maravailhosa que você é!!!

* Menina Do Cabelo Rosa * disse...

Thaís...
É impressionante como não temos a mínima noção dos sentimentos das pessoas que nos rodeiam. Escondido pela alegria e pelos sorrisos, o sofrimento fica lá e às vezes achamos que é melhor esquecermos deles. Mas não tem jeito, uma hora a vontade de ser feliz fala mais alto, ou melhor: grita!

Sabemos que existe uma razão maior para tudo, a vida não é feita de coincidências, e nossas vidas se cruzaram, portanto temos de aproveitar a oportunidade para crescermos juntas... Com você eu aprendi a ser uma pessoa forte, determinada, dedicada e o mais importante: me colocar aonde eu quero estar e ser feliz!

É muito bom participar dessa fase da sua vida, fase em que reencontrou quem você realmente é! Parabéns por libertar-se dessa máscara e se mostrar verdadeiramente... Agora você nos dará o prazer de estarmos com você. Tenho certeza que você é mais inteligente, mais engraçada, mais alegre, mas bonita e mais especial do que você acredita! Você é determinada e conseguirá tudo o que almeja!

Desejo-te toda boa sorte do universo! Que sua vida seja plena em todos os sentidos!
E que venha a versão 2008! Te admiro muito “figura”!!

Grande beijo, da “agregada” da família!!!

Se cuide agora e sempre!!!